Bem vindo ao Programa de História Econômica

Coordenador: Prof. Dr. Franciso de Assis Queiroz 
Vice-coordenadora: Profa. Dra. Sara Albieri
Secretaria: spghisto@usp.br

Notícias

Matrícula

Bem-vindos ao Programa de Pós-Graduação em História Econômica! 

Verifique com atenção as primeiras informações sobre sua matrícula.

Matrícula 

  1. A MATRÍCULA NO PROGRAMA é efetuada internamente pela secretaria do Programa (PPGHE) e pela Secretaria do Serviço de Pós-Graduação/CPG, com base na documentação enviada pelo candidato no momento de inscrição no Processo Seletivo;
  2. Verifique abaixo o seu número USP. Ele será sua identidade nos próximos anos;
  3. A partir de 23.01.23 o ingressante deverá acessar, com o seu número USP, a plataforma Sistema JANUS. Em "Acesso> Primeiro Acesso" obterá informações sobre como definir sua senha para interagir na plataforma. Caso não consiga acessar o sistema escreva para a Secretaria no email spghisto@usp.br;  
  4. Ex-alunos de graduação e mestrado da USP também devem obter uma nova senha. Entre na plataforma Sistema JANUS em "Acesso>Primeiro Acesso" e siga as instruções para renovar sua senha;
  5. A MATRÍCULA EM DISCIPLINA é efetuada individualmente pelos alunos e alunas no Sistema JANUS. Caso ainda não tenha se comunicado com seu orientador/a, busque no site, na aba Docentes, o email respectivo. Converse com ela ou ele sobre a disciplina a cursar no próximo semestre. A disciplina a cursar é de livre escolha, não há disciplinas obrigatórias nem no Mestrado, nem no Doutorado;
  6. A "Matrícula em Disciplina" será realizada pelo próprio aluno, no período de 23 a 27/01/2023, através do Sistema JANUS. Acesse as disciplinas disponíveis no sistema Janus ou no site do Programa;
  7. Importante: lembramos que todo/a pós-graduando/a deve refazer sua matrícula semestralmente, todos os anos, até o fim do curso. Caso você não realize a sua "Matrícula em Disciplina" ou sua "Matrícula de Acompanhamento" poderá ocorrer seu desligamento do curso.  

Importante

  1. Criar um e-mail institucional. Será através do e-mail USP que você receberá contatos da Secretaria. Após criar o seu e-mail institucional o mesmo deverá ser informado à Secretaria através do email spghisto@usp.br;
  2. A secretaria cuida de dois programas: História Econômica e História Social. Para facilitar a comunicação por email, recomendamos que indique no corpo do e-mail o seu nome completo, número USP e o programa em que faz parte.
  3. Acesse o link dos PRIMEIROS PASSOS para obter informações sobre:
    • Cartão USP
    • E-Card USP
    • Bilhete USP (BUSP)
    • Cadastro de Dependentes junto ao Hospital Universitário da USP (HU)

MESTRADO

N° USP

ALUNO/A

ORIENTADOR/A

8576310 Anna Paula Figlino Antonio Carlos Mazzeo
13323731 Clara Bastos de Macêdo Carneiro Arlene Elizabeth Clemesha
10765124 Isabella Oliveira Cafer Rodrigo Ricupero
4934274 José Carlos de Siqueira Vidal José Jobson Arruda
14475271 Kleber da Silva Baptista Neto José Jobson Arruda
14475292 Rafael Herculano de Andrade Francisco Queiroz
2046631 Roberto de Souza Campos Cosso Antonio Mazzeo
10392268 Tiago Brito da Silva Francisco Queiroz
10764492 Vitória Perpétuo Bruno Arlene Elizabeth Clemesha

 

DOUTORADO

N° USP

ALUNO/A

ORIENTADOR/A

10250311 Bianca Neves Milani de Castilho Francisco Queiroz
13006101 Eduardo Garcia Lara Francisco Queiroz
14475368 Jane Cunha Pinto Rodrigo Ricupero
13389203 Lucas Henrique de Paula Francisco Queiroz

 

RESULTADO DA ELEIÇÃO DA CCP DE HISTÓRIA ECONÔMICA (GESTÃO 2022-2024)

Atendendo ao Regimento de Pós-Graduação da USP (CAP. V, ARTIGO 32), bem como às Normas do Programa de História Econômica da FFLCH, a Comissão Eleitoral, composta pelos membros Prof. Dr. Rodrigo M. Ricupero, Prof. Dr. Everaldo de Oliveira Andrade, Prof. Luiz Bernardo Pericás e Kely Cristina Martins Mendonça (funcionária), informa o resultado do Processo Eleitoral da CCPHS.

A votação realizada em 09 a 11/11/2022 por meio do Sistema de Votação Eletrônico da USP, dos 30 eleitores habilitados, 17 votaram, sendo 16 votos favoráveis à chapa única, 1 voto nulo e zero voto em branco. 

Vigência do mandato: 03/12/22 a 02/12/24.

Membros:

TITULARES SUPLENTES
Francisco de Assis Queiroz (Coordenador)
Sara Albieri (Vice-Coordenadora)

Ana Paula Tavares Magalhães Tacconi
Horacio Gutiérrez
Rodrigo M. Ricupero
Vera Ferlini
Lélio Luiz de Oliveira
Lincoln Ferreira Secco
Luiz Renato Martins
Marisa Midori Deaecto
Osvaldo Luis Angel Coggiola
Raquel Glezer

Jornada de Estudos: censo, mapas e estatísticas

 

Local: Sala do Conselho da Biblioteca Guita e José Mindlin - USP.


No âmbito das iniciativas de cooperação acadêmica entre a USP e a EHESS e, particularmente, entre o Laboratório de Estudos de Cartografia Histórica (USP) e o Centro de Pesquisa do Brasil Colonial e Contemporâneo (CRBC/Mondes Américaines, EHESS, Paris), realizaremos uma jornada de estudos para debater questões de natureza metodológica no tratamento de fontes censitárias, fiscais, estatísticas e cartográficas entre 1822 e 1922.

Apoios para realização do evento:
Biblioteca Guita e Jose Mindlin
CRBC (Mondes Américaines, EHESS-Paris)
Programa de Pós-Graduação em História Econômico
Grupo do CNPq: Arqueologia da Paisagem
CEDHAL (USP)


9:30h/11h:
Horácio Gutiérrez: Fontes primárias e história demográfica no Brasil.
Claudia Damasceno Fonseca: As estatísticas nos estudos de historia urbana.
Iris Kantor: A cultura estatística na cartografia no império do Brasil. Alexandre M. Saes: abertura e coordenação da mesa.


11:15h/12:30h: Escala urbana: fiscalidade e demografia
Beatriz P. S. Bueno: As décimas na história do urbanismo
Carlos Bacellar: As listas nominativas de habitantes de São Paulo.


14:30h/16:15h: Escala Provincial: configurações e dinâmicas territoriais
Andrey Schlee e Lenora Barbo: Leitura censitária do mapa e dos roteiros de Raimundo Jose da Cunha Mattos (Goiás 1823/1826)
Carminha AndradeNúmeros como monumentos: O censo de 1920 em Minas Gerais e o centenário da independência
Rogerio Beier: A Assembleia Legislativa e a construção territorial da Província de São Paulo (1835-1841)


16:30/18h: Da escala Provincial à Nacional: censos e mapas
Diego Bissigo: Possibilidades e limitações da cartografia a serviço das províncias no Brasil imperial.
Alexandre Camargo: O censo de 1920 e a construção de um publico para a estatística
Rildo Borges: Fontes cartográficas na elaboração da Carta do Brasil ao Milionésimo de 1922.